quarta-feira, 28 de setembro de 2016

D. Carlos. Rei de Portugal nasceu há 153 anos.

Carlos I de Portugal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para outros monarcas de mesmo nome, veja Carlos I.
Carlos I
Rei de Portugal e Algarves
Reinado 19 de outubro de 1889
a 1 de fevereiro de 1908
Coroação 28 de dezembro de 1889
Antecessor(a) Luís I
Sucessor(a) Manuel II
Esposa Amélia de Orleães
Descendência Luís Filipe, Príncipe Real de Portugal
Maria Ana de Bragança
Manuel II de Portugal
Maria Pia de Bragança (alegadamente, bastarda)
Casa Real Bragança-Saxe-Coburgo-Gota
Nome completo
Carlos Fernando Luís Maria Victor Miguel Rafael Gabriel Gonzaga Xavier Francisco de Assis José Simão de Bragança Sabóia Bourbon e Saxe-Coburgo-Gota[1]
Nascimento 28 de setembro de 1863
Palácio Nacional da Ajuda, Lisboa, Portugal
Morte 1 de fevereiro de 1908 (44 anos)
Praça do Comércio, Lisboa, Portugal
Sepultamento Panteão da Dinastia de Bragança, Igreja de São Vicente de Fora, Lisboa, Portugal
Pai Luís I de Portugal
Mãe Maria Pia de Saboia
Assinatura Assinatura de Carlos I
Carlos I (Lisboa, 28 de setembro de 1863 – Lisboa, 1 de fevereiro de 1908) foi o Rei de Portugal e Algarves de 1889 até seu assassinato. Era filho do rei Luís I de Portugal e sua esposa a princesa Maria Pia de Saboia.[2]
Nascido em Lisboa, foi cognominado "o Diplomata" (devido às múltiplas visitas que fez a Madrid, Paris e Londres, retribuídas com as visitas a Lisboa dos reis Afonso XIII de Espanha, Eduardo VII do Reino Unido, do imperador Guilherme II da Alemanha e do presidente da República Francesa Émile Loubet), "o Martirizado" e "o Mártir" (em virtude de ter morrido assassinado), ou O Oceanógrafo (pela sua paixão pela oceanografia[3], partilhada com o pai e com o príncipe do Mónaco).