quinta-feira, 5 de novembro de 2015

1º de Novembro.Temporal na costa portuguesa.


imagem radar 1 nov 20152015-11-04 (IPMA)

Precipitação intensa no Algarve - 01 de novembro de 2015
A situação meteorológica à superfície às 00 UTC do dia 1 de novembro de 2015 era determinada por uma depressão com 1013 hPa centrada no Norte de África, em processo de cavamento, que no seu movimento para noroeste veio a posicionar-se às 12 UTC na região de Faro com 1009 hPa e, no final do dia, no Atlântico a sudoeste de Cabo Raso (38ºN 10ºW), onde atingiu um mínimo de 1005 hPa.

Associadas a essa depressão formaram-se linhas organizadas de precipitação, com orientação de sueste para noroeste, que no seu deslocamento lento para norte afetaram, principalmente, a região do barlavento algarvio durante o período compreendido entre as 4 e as 14 UTC, com particular incidência na zona situada entre Portimão e Faro, originando precipitação forte e persistente e a ocorrência de trovoada.

Nas estações meteorológicas automáticas (EMAs) da rede do IPMA próximas da zona mais afetada, os máximos horários de precipitação observados foram de 11 mm em Portimão às 11 UTC e de 20 mm em Faro-Aeroporto às 12 UTC, tendo nesta estação se registado um valor máximo de 74 mm em 6 horas, entre as 6 e 12 UTC. Os valores mais elevados de precipitação observados nas estações meteorológicas do Algarve no dia 1 em períodos de 1, 6 e 24 horas são apresentados na Tabela 1.

À medida que as linhas de precipitação progrediram para norte foram perdendo gradualmente atividade, vindo a atingir as restantes zonas da região Sul e a região Centro mas já com quantidades de precipitação bastante menos significativas.

A sequência de imagens do produto de radar RAIN1 (valores horários de precipitação em mm, estimados com recurso ao radar meteorológico de Loulé/Cavalos do Caldeirão) obtida para o período entre as 10 e as 14 UTC (Figuras 1 a 4) permite salientar a zona mais afetada pela linha de precipitação, situada entre Portimão e Olhão. Considerando as estimativas obtidas com radar para o período entre as 4 e as 14 UTC, é de admitir que os valores mais elevados observados em Faro-Aeroporto e Portimão tenham sido excedidos na zona costeira entre Albufeira e Quarteira.

Por aplicação de fatores de ajustamento Udómetro-Radar obtidos na localização das EMAs de Faro-Aeroporto e Portimão, estima-se que o valor da precipitação ocorrida entre as 4 e as 14 UTC, em Albufeira e Quarteira, tenha variado entre 106 mm e 139 mm, com um valor médio estimado de 122 mm.
Na Tabela 2 são apresentados os valores máximos históricos de precipitação registados nas estações meteorológicas do Algarve. Da comparação dos valores máximos de precipitação nas estações com os valores observados no dia 1 de novembro de 2015 pode concluir-se que:

- Na estação de Faro-Aeroporto o máximo histórico horário é cerca de 3,4 vezes superior ao observado no presente episódio e os máximos históricos de 6 horas e de 24 horas são cerca de 1,5 vezes superiores aos observados;

- Na estação de Portimão os máximos históricos horários e de 6 horas são cerca de 2 vezes superiores aos observados neste episódio e o máximo histórico de 24 horas é cerca de 1,3 vezes superior ao observado.