quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Setembro com os seus dias outonais.

Um destes dias de Outono, salvo erro em finais de Setembro, obtive esta imagem. Claro está que agora ao ver o resultado surge um " pontinho " escuro, lá ao longe, sobre a serra. Para mim ou é uma ave ou algo grande que por acaso captei. Não me apercebi de qualquer avião por ali. Seja lá o que for " estragou-me" a pureza de tão bela paisagem. Ou será que, pelo contrário, a tornou singular? Bem... mas o que queria realçar está na foto sob estas linhas. Uma magnífica flor de um cacto nascido no meio do mato. Tratamento da planta apenas a mãe natureza mais nada!
  Não me restam dúvidas que, quando se passeia em bicicleta por estes recantos da região, há sempre " um Portugal desconhecido que espera por nós ".