segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Ozono. Um escudo frágil.

Dia Internacional para a Preservação da Camada de Ozono
Ozono2014-09-15 (IPMA)
Em 1994, A Assembleia Gerald a Nações Unidas proclamou o dia 16 de setembro como o Dia Internacional para Preservação da Camada de Ozono, em comemoração da data da assinatura em 1987 do Protocolo de Montreal sobre as substâncias que destroem a Camada de Ozono (resolução 49/114).
Neste contexto, os estados são convidados a dedicar este dia na promoção de atividades de acordo com os objetivos do Protocolo e as suas emendas. A camada de ozono, um escudo de gás frágil, protege a Terra da radiação solar ultravioleta que é perigosa, ajudando a preservar a vida no planeta.
O desuso controlado de substâncias que destroem o ozono e as reduções das mesmas não só têm contribuído para proteger a camada de ozono para esta geração e para as futuras, como também tem contribuído significativamente no esforço global dirigido às alterações climáticas; por outro lado, tem protegido a saúde humana e os ecossistemas, limitando a radiação ultravioleta que chega a superfície da Terra.
O tema da celebração deste ano é “Proteção da Camada de Ozono: A Missão Continua”. O Protocolo de Montreal tem sido até agora bem-sucedido em cumprir algumas metas na eliminação de substâncias que destroem o ozono. Como resultado, a quantidade destas substâncias na atmosfera tem diminuído, esperando-se que a Camada de Ozono recupere em meados deste século. Contudo, existem ainda alguns desafios pendentes na eliminação das substâncias que destroem o ozono na atmosfera.