segunda-feira, 16 de maio de 2016

Da ausência

Estou ausente demasiado tempo ( em meu entender ) deste meu blog. Já aconteceu algumas vezes e o motivo felizmente é sempre o mesmo. Não consigo conjugar o pouco tempo que me resta para além do trabalho que presentemente desempenho na Empresa, para a qual fui contratado, com uma regularidade que queria aqui, neste espaço. As horas livres que disponho utilizo-as no cuidar de algumas prioridades. Dito isto é com um sentimento estranho, não de perca mas de incómodo por, repito, ter de " deixar " para  outra ocasião quiçá breve, ou não, as presenças junto de quem tem a gentileza de me vir visitar. Muito obrigado e até sempre.