quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Leituras



 " Que afortunado, que invejável, não terá de ser o País, onde, desde os palácios até às choças, todos os homens, todas as mulheres e todas as crianças, ( sem excepção )
  souberem ler, e amarem a leitura, e onde em cada casa se encontrar uma pequena biblioteca, não dourada por fora, mas verdadeiramente de ouro por dentro, para o espírito, para o coração, para a saúde e para a fortuna ! " *

*Do livro - Leituras para a IV classe  no ano de 1964.